Trans - Goiás

Câmara de Gurupi quer suspensão da concessionária Trans- Goiás em Gurupi

Trans-Goiás,se arrasta na concessão há mais de 40 anos e que desde o ano de 2008, presta o serviço amparado em uma decisão liminar

13/12/2019 08h30Atualizado há 1 mês
Por: Redacão
Fonte: Lucas Carvalho/Ascom
2.461

De autoria do vereador Sargento Jenilson (PRTB) e subscrito por todos os vereadores o requerimento de n°955/2019, requer ao Prefeito de Gurupi a abertura de novo processo de concessão e suspensão do atual contrato da empresa Trans-Goiás em virtude dos péssimos serviços prestados á sociedade.

A propositura tem o objetivo de suspender o atual contrato da empresa e a abertura de novo processo de concessão, haja vista ser um problema que se arrasta por muitos anos e que sobram reclamações dos usuários sobre atrasos, falta de educação dos motoristas, frota antiga, deficiência de linhas e horários em bairros, dente outras reclamações diariamente.

Vale ressaltar que a concessionária do serviço público, Trans-Goiás,se arrasta na concessão há mais de 40 anos e que desde o ano de 2008, presta o serviço amparado em uma decisão liminar, isso porque o prazo de concessão expirou , mas alega que para deixar de atuar com a prestação do serviço deverá ser indenizada.

“Em meio ao monopólio e as alegações de concessão e indenizações entre as autoridades e o proprietário estão os usuários do transporte público amargam a má qualidade do serviço atualmente ofertado e por sua vez seguem insatisfeitos. Ressalto ainda que esta Casa de Leis, já realizou audiência publica no ano de 2017 para tratar justamente sobre o transporte coletivo e que não foram solucionadas as pendências quanto ao atendimento de rota e qualidade dos veículos. A partir de agora está nas mãos do Prefeito Laurez Moreira, se ele realmente quer que os cidadãos tenham um serviço de transporte público de qualidade irá resolver esse problema.” Explicou Sargento Jenilson.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.